O troca-troca na programação do SBT

Uma emissora de TV analisa seu sucesso com o número de audiência, são números que podem manter um programa no ar por anos e anos ou pode cancelá-lo após uma semana de exibição. Não há uma receita prontinha para garantir o sucesso de determinada atração, até porque nada nesse mundo agrada a todos, não é verdade? Mas tenho a opinião de que o sucesso de uma emissora se deve principalmente ao respeito com seus espectadores, juntamente com a constância em sua programação. Por exemplo, você sabe em que horário e dia passa a Grande Família na Rede Globo, sempre às quintas-feiras depois da novela. Isso gera certa segurança ao espectador, que sabe o dia e a hora de sua atração favorita na TV aberta.

O que mais me indigna no SBT é esse troca-troca de programação. Em uma semana você tem um programa às quartas-feiras, depois ele passa aos sábados, mas apenas por duas semanas, para então ser exibido às terças-feiras. Não há espectador que possa gostar de tanta mudança em menos de um mês. E que mês foi esse último na emissora do Silvio Santos. Foi um troca-troca geral, as séries serão canceladas às 21h, mas antes dessa decisão, a programação noturna havia sido remanejada e na próxima semana sofrerá alterações novamente.

A emissora quer ser a segunda mais assistida no Brasil, mas não creio que este seja o modo correto. Tanta mudança gera descrédito no público. As séries agora foram canceladas porque não conseguiram dar a mesma audiência que Supernatural (Sobrenatural) conseguiu dar ao SBT, então foram exibidas as primeiras temporadas de pelo menos mais cinco séries, mas apenas as primeiras, creio que o pessoal já nem começava a assistir porque sabia que não ia ter continuidade e de que adianta ter visto apenas e primeira? Quando a pessoa gosta, quer ver tudo e com isto o SBT saiu perdendo.

Vou dar um exemplo meu. Ainda não tinha visto Grey’s Anatomy, como todo mundo fala tão bem da série e vi que o SBT ia passar, já me programei para às 21h colocar no canal 2. Então na última semana, depois de cinco episódios transmitidos, li que não ia passar mais, qual foi minha reação? Depois da indignação, foi de não assistir mais, não ia ter continuação, então nem vou perder meu tempo. Entendem o que quero dizer?

Enfim, precisava fazer esse desabafo e mostrar que não concordo com essa prática de trocar tanto a programação para tentar chegar ao sucesso. Mas creio que continuará assim por muito tempo, já que desde que me lembro, sempre foi assim.

Comente com o Facebook: