Eu indico #1

Um Sonho Possível

Sabe aqueles filmes que fazem você ficar pensando durante algum tempo após o “the end”? O filme que vou indicar para vocês hoje é desse tipo, com uma mensagem incrível: Um Sonho Possível. Sim, este mesmo, que rendeu o Oscar e o Globo de Ouro de Melhor Atriz para Sandra Bullock, daí você já tira a qualidade da trama.

Na produção, Michael Oher é um menino negro, pobre, com uma mãe viciada e com vizinhos, pelo menos a grande maioria, barra-pesada. Bastaria um pouquinho de fraqueza para que o rapaz seguisse para o caminho errado. Um dos vizinhos, gente boa, levou o rapaz, junto com seu filho, para tentar uma bolsa de estudos em uma escola de alto nível. Ambos eram atletas em potencial.

Um Sonho Possivel - 0004 

Oportunidade concedida, vinha a pior parte, adaptação e aceitação por parte dos garotos mais ricos da escola, que os conhecem como Big Mike. Michael era solitário e depois que se depara com um aviso de despejo na porta de sua casa, não tem mais onde viver. Em uma noite, quando se dirigia ao ginásio da escola, para fugir da chuva e do frio, foi avistado pela família de Leigh Anne Tuohy, nossa, como admiro essa mulher! Uma das cenas que eu mais gostei foi essa, quando ela desce do carro, no frio e se dirige ao garoto, que está sujo e maltrapilho e o trata de igual para igual, esqueci de mencionar que ela é milionária. Ela acolhe o garoto e o leva para casa naquela noite. Claro, não sem ficar pesarosa, afinal, colocou um estranho dentro de casa.

Mas Michael é tão puro, tão bom, que conquista toda aquela família: mãe, pai e os dois filhos, principalmente o menino, caçula. E é quando ele aceita o convite para fazer parte da família Tuohy que vem outra cena que nunca vou esquecer, que me fez, no mínimo, pensar. Michael ganha um quarto, com cama, guarda-roupas, escrivaninha e tudo o mais. Ele fica tão feliz, tão emocionado e após receber a confirmação de que aquilo tudo é realmente seu, reflete: nunca tive isso. Leigh Anne então pergunta: o quê, um quarto só seu? Quando ele prontamente responde: uma cama.

um-sonho-possivel-familia-reunida

Teria muitas outras cenas espetaculares para contars, mas não vou contar todo o filme, até porque perderia a graça. Por isso, aconselho e muito você, se ainda não o fez, a assistí-lo. É uma lição atrás da outra, uma emoção atrás da outra. Mas não é de fazer você chorar e tal, é de fazer você pensar, como escrevi no começo. No fim, confesso, apesar de não poder agora, fiquei com uma vontade absurda de fazer por alguém o que aquela família fez por Michael. Dar uma vida digna, com condições pelo menos básicas, dar uma chance de futuro.

Um-Sonho-Possivel 2

Michael não poderia imaginar que o encontro daquela noite fria pudesse dar um novo rumo a sua vida, que o direcionou para o caminho em que se tornaria um astro do futebol americano. A trajetória do menino que não tinha lar para o grande sucesso não foi fácil, mas é marcada de momentos hilários, a maioria deles, vindos do caçula da família. Com certeza é um filme que vale muito a pena assistir.

Confira o trailer:

 

 

Ah, é uma história real. Olha só o verdadeiro Mike e a verdadeira família Tuohy:

um sonho possivel

The-Tuohy-Family

Comente com o Facebook: