A Breve Segunda Vida de Bree Tanner

A breve segunda vida de Bree tanner 

Mais um livro da minha lista de leitura foi riscado: A Breve Segunda Vida de Bree Tanner, da autoria de Stephenie Meyer. Leitura rápida, agradável e de muita qualidade. Como muitos já sabem, o livro é uma história de Eclipse e discorre sobre a vida de vampira da jovem Bree.

Como todas as vítimas de Riley, o amante de Victoria, que a ajudou na missão de criar um exército de novos vampiros para lutar contra os Cullen e destruir Bella, Bree era sozinha, maltrada pelo pai, vivia nas ruas e sempre faminta, tornando-se uma isca fácil para o vampiro, que com a oferta de um hambúrguer a levou para a morte, assim Victoria conseguia mais um soldado.

bree tanner Eclipse (3)

Diferente dos outros recém-criados, Bree demonstrava dar mais atenção para sua razão e não se deixava levar pelos instintos de caçadora. Seguia a risca todas as regras de Riley, o que não significava que confiava nele. Em uma de suas saídas em busca de sangue, Bree se aproxima de Diego, uma das primeiras vítimas de Riley e conhecido como seu braço-direito. O destino faz coisas e os une, sozinhos, em uma caverna durante o dia. Como diz o ditado: mente vazia, oficina do diabo, Diego cava até a superfície e se expõe ao sol, descobrindo a verdade: os vampiros brilham sob o sol e não viram cinzas, como havia alertado Riley. Mas a descoberta que eles precisavam fazer, na verdade, era qual a real intenção do líder do grupo. Algo que foi percebido tarde demais.

Os recém-criados eram escolhidos a dedo por Riley, pessoas sozinhas, que não chamariam a atenção e nem seriam procuradas por ninguém, a verdadeira ralé. A maioria era descontrolada, matavam uns aos outros, colocavam fogo nos esconderijos e deixavam Riley à beira da loucura. Um deles era mais que especial, Freak Fred, capaz de se tornar invisível e de deixar as pessoas nauseadas se tentassem enxergá-lo. Ele era o escudo de Bree, que sobrevivia atrás dele e não era importunada. Um personagem realmente carismático, como Diego.

bree-tanner-eclipse

Quando chega a hora da batalha, Riley conta sobre o sol para seus vampiros e os leva para a rua para serem treinados para a luta que virá. As marionetes caem no papinho de Riley, crentes que vão acabar com os de olhos amarelos, como são chamados os Cullen. Os únicos que reconhecem a verdadeira situação ali são Bree e Fred, mas ela tem um grande motivo para seguir com o grupo, deixando Fred com sua liberdade e caminhando para o fim que a grande maioria já conhece.

Excelente!

Comente com o Facebook: