O mês que passou…

abril
Seção que recapitula o mês que acaba de terminar. Daqui para frente farei isso todo mês, inspirada no blog da Garota Que Lê, que por sua vez se inspirou no blog da Audrey.
Lidos em Abril:
  • Guardians – Luciane Rangel
  • Perseguição Digital – Loraine Pivatto
  • O Beijo das Sombras – Richelle Mead
  • O Casarão – Vicente Reckziegel
  • Um estudo em vermelho – Sir Arthur Conan Doyle
Resenhas de Abril:
Pensamentos: Adorei perceber que li três livros nacionais neste mês, o que não foi tão bom foi constatar que todos eles foram de book tour, queria para mim! Fazia tempo que queria ler mais dos escritores daqui e gostei muito do que li, muito mesmo. Também foi um mês proveitoso em número, cinco livros. Ia dizer que não teve nenhum que me atrasou esse mês, mas fiquei mais do que o previsto lendo O Beijo das Sombras, apesar de acreditar que a culpa não seja 100% dele.
Meu livro favorito de Abril: Vou de Guardians, foi uma leitura muito gostosa e rápida. Quero ler a continuação.

Também rolou no blog:

Tchau Abril…
As visitas dos Correios não diminuíram tanto quanto eu pensava e adorei isso. Foi um mês produtivo, com livros bons. Sem falar nos chocolates, né?

Oi Maio!
Quase meio do ano, hein? O que espero desse mês, deixe-me pensar. Primeiro quero bater minha meta de quatro livros mensais com livros interessantes e diversificados. Segundo, quero preciso continuar com minha abstinência de compra de livros, que está sendo mais fácil do que eu imaginava. Acho que é isso. Que seja mais um mês de boas leituras.

Começo o mês lendo:
Mais uma vez começo o mês lendo livro de book tour. O da vez é Instintos Cruéis, da Editora Underworld.
instintos-crueis
Bem, desejo a todos um mês incrível. Abril deixou a desejar um pouco, não no quesito literário, mas em outras áreas, e realmente espero que maio seja muito melhor.

Comente com o Facebook: