Mix de Sexta

megaupload-fechado-pelo-FBI Foto daqui.

Estou tão triste. Ontem à noite o Governo dos EUA fechou o Megaupload e prendeu seu fundador. Nossa, um site daquela dimensão, onde eu baixava meus episódios de séries de forma rápida e sem ter que esperar trocentos segundos para baixar alguma coisa novamente. Realmente é triste. A atitude, inclusive. Reclamam que o site deu US$ 500 milhões em prejuízos, mas e a divulgação dos trabalhos? Aposto que muita gente comprou após conhecer os trabalhos pelo site. Quanto lucro será que ele deu? Abaixo a matéria do G1 sobre o ocorrido, caso alguém ainda não tenha lido.

Um dos maiores sites de compartilhamento de arquivos do mundo, o Megaupload, foi tirado do ar nesta quinta-feira (19). O fundador da companhia e vários de seus executivos foram acusados formalmente de violar leis antipirataria nos Estados Unidos, informaram promotores federais do país.

A acusação alega que o Megaupload.com deu aos detentores de direitos autorais mais que US$ 500 milhões em prejuízo por facilitar a pirataria de filmes e outros tipos de conteúdo.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos disse, em um comunicado, que Kim Dotcom - fundador do site, também conhecido como Kim Schmitz — e outros três executivos da empresa foram presos nesta quinta-feira na Nova Zelândia a pedido de oficiais norte-americanos.

O Megaupload é único não somente pelo volume grande de download que possibilita, mas pelo apoio que tem de celebridades conhecidas e músicos, que geralmente são vistos como as vítimas da violação das leis antipirataria. Antes de ser tirado do ar, o site trazia o “apoio” de nomes como a socialite Kim Kardashian e os músicos Alicia Keys e Kanye West – as celebridades chegaram a gravar um vídeo de apoio à companhia, mas as imagens foram tiradas do ar pelas gravadoras.

A companhia, baseada em Hong Kong, listava Swizz Beatz, um músico, como seu CEO. Antes de o site ser tirado do ar, foi publicado um comunicado dizendo que as acusações de que ele possibilitava infração de leis de direitos autorais eram “extremamente exageradas”.

“A maioria do tráfego de dados feito pelo Megaupload é legítimo e estamos aqui para ficar. Se a indústria de conteúdo quiser tirar vantagem da nossa popularidade, estamos felizes em abrir um diálogo. Temos boas ideias, entrem em contato”, dizia o comunicado.

O Megaupload é um site por meio do qual os usuários podem fazer o upload e a transferência de arquivos que são grandes demais para serem enviados por e-mail. Endereços do tipo têm uso legítimo de diversos usuários, mas associações representantes dos detentores dos direitos autorais estimam que a maioria do conteúdo enviado com a ajuda do site seja ilegal.

 

SOPA e PIPA
O fato acontece um dia depois que diversos sites, incluindo a Wikipédia e a Craigslist, tiraram seus sites do ar em protesto com o SOPA e o PIPA, dois projetos de lei antipirataria que circulam nos Estados Unidos.

O Stop Online Piracy Act (SOPA) é um projeto de lei com regras mais rígidas contra a pirataria digital nos EUA. Ele prevê o bloqueio no país, por meio de sites de busca, por exemplo, a determinado site acusado de infringir direitos autorais. O foco está principalmente em sites estrangeiros, contra os quais as empresas americanas pouco podem agir. No Senado, circula o Protect IP Act, conhecido como PIPA (ato para proteção da propriedade intelectual), outro projeto sobre direitos autorais que mira a internet.

Ambos são apoiados por empresas de entretenimento, constantes alvos de pirataria, mas são questionados por companhias de internet, como Google, Facebook, Amazon e Twitter, que interpretam as medidas como um tipo de censura aos sites e à liberdade de expressão. O SOPA ainda está sendo avaliado por comissão na Câmara; a PIPA deve ir à votação no Senado ainda neste mês.


essasemana32_thumb
Meme semanal hospedado pelo Lost in Chick Lit, onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura. Tem interesse em participar?Saiba como aqui!

  • Leitura do momento:
    Qual seu número? – Karyn Bosnak.
  • Li essa semana:
    Só algumas páginas de Qual seu número? Voltei ao trabalho e anda tudo mais corrido.
  • Resenhei essa semana:
    Lembra de mim? e Annabel & Sarah.
  • Super Posts:
    As resenhas acima, Globo de Ouro 2012 e Imagine Só.
  • Última Compra:
    Ainda no #GABApride. Não que eu não quisesse comprar, essa semana mesmo foi uma tentação atrás da outra. Mas refleti muito – meu marido também me deu força vetando a compra – e não comprei.
  • Desejo Comprar Urgentemente:
    Nada. Cof, cof, cof.
  • Conversa imaginária com personagem fictício:
    Delilah, você precisa de ajuda. Sua doida.
  • Eu falaria para o autor: 
    Estou gostando do texto e do enredo. E da cachorrinhaaa, fofinha.
  • Estado de Espírito Literário:
    Arrastado. 
  • Literary Crush (paixão literária do momento): Essa semana meu coração está vazio. Sem piriguetagem.
  • Feito da Semana: Voltei ao trabalho.
  • Im in mood for... (gênero literário do momento):
    Chick Lit.
  • Hey Mr, Postman (última coisinha que chegou do correio): Chegou O Baile dos Deuses, de Nora Roberts, que ganhei no twitter.
  • Vi e viciei (booktrailers, trailers, videos whatever): Todo mundo sabe que eu sou cachorrenta, então, vai um vídeo de cachorro, né?

Minhas Unhas

Eu disse que ia pintar de vermelho ou rosa e acabei escolhendo um cinza, da Risqué – Arábia. Mas para não deixar só o cinza, eu coloquei uma camada do Na Mira 3D da Impala  e adorei o resultado.

DSC_2562DSC_2563

Agora estou pensando qual cor usar para a próxima semana, isso se a preguiça deixar.

Beijos e um maravilhoso fim de semana!

Comente com o Facebook: