As confissões de Laura Lucy

Laura Lucy  Hoje vou comentar sobre uma grata surpresa que tive nas leituras das férias. Apesar de ter lido muitos elogios, inclusive de pessoas que confio bastante, eu queria mesmo ler para saber se era tudo isso mesmo e era. As confissões de Laura Lucy é incrível. Divertido, com cenas de vergonha alheia, romântico, cheio de amizades e simplesmente viciante, assim posso descrever o livro que me fez ficar grudado uma tarde inteira sem conseguir largar.
O enredo tem os clichês de um chick lit, mas ainda assim a estória criada por Fernanda Saads consegue se destacar e ser diferente. Laura Lucy foi para a cidade grande para conquistar uma carreira sólida e sucesso. Ela é independente, criativa – e como –, tem garra e muita vontade, seu objetivo é conseguir o cargo de gerente de marketing da Helga, empresa de moda em que trabalha. Aliado ao sonho da carreira, tem o sonho da mulher também. Laura tem quase 30 anos e quer se casar, ter filhos – bebês Johnson – e ser feliz, como a grande maioria das mulheres. Só que sem nenhum candidato no caminho, esse objetivo parece estar mais distante do que o profissional.  Outra característica bem feminina presente em Laura Lucy é o desejo de comprar. Quando nada mais parece estar certo, quando o dia não foi bom, a única solução é comprar. Por isso, ela tem o cartão de crédito sempre no limite de estourar. Ah, ela também gosta de descontar suas frustrações com comidas e chocolates. Adoro que ela gosta de ler – mesmo não gostando do mesmo gênero que ela - e vai até livrarias para ler um pouco de cada dos livros de autoajuda. A pessoa é um sarro! Mas vou falar mais sobre ela depois.
Ele segura minha mão enquanto descemos a Ladeira Porto Geral, e acho que ele faz isso para me impedir de entrar em todas as lojas dali. Página 178
O fato é que no trabalho as chances parecem estar surgindo, junto com um novo cara que é um gato. Mas claro que para a vida de Laura Lucy as coisas não iam ser tão fáceis. Não foi apenas um cara gato que entrou em sua vida, mas dois, e os dois são envolvidos com seu trabalho. Ó confusão. Bernardo é o novo gerente de projetos da Helga, com sua chegada também surge sua chance de subir na empresa: ela precisa desenvolver um projeto para a nova campanha da empresa. Claro que ela terá ajuda do bonitão.
Bernardo é realmente interessante. Tudo bem, admito que ele é um gato. Ele deve ter por volta de 1,85m de altura e tem um corpo definido, mais para magro. Os cabelos são curtos e claros, mas têm um jeito bagunçado e perfeito ao mesmo tempo. Seus olhos são tão apertados que mais parecem dois riscos e seu nariz é tão harmonioso que posso jurar que ele fez plástica. Como se não bastasse, tem uma boca bem desenhada e uns dentes pequenos, sabem?  Página 30
Um pouco antes de conhecer Bernardo, no entanto, Laura é mandada pela porre da chefe dela, Joana, para visitar um cliente que tem uma reclamação e lá ela dá de cara com Baruk. Suspira!
Baruk tem olhos tão negros que eu poderia me afogar neles. Cílios escuros e sobrancelhas marcantes. Um nariz perfeito e o sorriso que resplandece o ambiente. Seus cabelos também são negros e seu corpo é másculo e bronzeado. […] É espetacular. Página 19
Então, para quem não tinha nenhum pretendente, Laura se vê estremecida por dois homens, dois excelentes homens que também mostram certo interesse por ela. No meio desse turbilhão tem ainda a família de Laura, que é única – seu irmão é um sarro! –, o vizinho maluco e seu gato, a garota que estava chorando no banheiro do shopping e que ela acudiu, a vendedora da loja que precisa cumprir a meta para não ser despedida, etc. Laura tem um coração enorme e sempre faz de tudo para ajudar o próximo, não importa se ela o conhece ou não.
Mas ela também tem seus defeitos, como a desconfiança. Ela sempre pensa o pior de um de seus pretendentes, age por impulso e depois se arrepende. Ela também tem uma mente bem criativa, para se livrar de certas situações ela inventa mentiras, muitas mentiras, que só a deixam mais enrolada! Laura tem uma capacidade imensa de criar desculpas hilárias. Como quando está em uma loja da 25 de Março, que ela achou que fosse barata, por exemplo. O que ela queria estava caro demais e ela inventou que não encontrou o que queria, um narguilé. Então a atendente disse que eles tinham uma sala especial só com narguilés ou ainda quando finge estar grávida para ser atendida mais rápido e uma colega de trabalho flagra sua declaração. Sua mente fértil também me divertiu muito. Uma colega teve um problema ginecológico e ela já achou que estava doente também, tratou de conseguir uma consulta de urgência e até sentiu dores.
Ah, Deus! Como vai ser isso? Vou andar por aí parecendo uma velha coroca! E talvez de tão velha os amiguinhos do meu filho – que ela nem tem - pensem que eu sou a avó dele! Página 196
Sei que não vou conseguir expressar o tanto que me diverti com a leitura deste livro, só posso indicar muito. Sei também que vocês vão ser sugados para o universo de Laura Lucy – que tem uma explicação muito engraçada para seu nome e não vou estragar a surpresa –, vocês vão querer ajudar as pessoas com ela, vão querer que ela não faça as burradas que imaginam que ela fará, mas no fim de tudo, vão se divertir muito acompanhando essa protagonista que é uma das mais doidas que eu já li.
Ah, o livro cita muitas séries, entre elas: Friends, Supernatural, Lost e Sex and the City. Laura tem em seu secador de cabelos um verdadeiro amigo, Beto, que infelizmente não resiste por muito tempo, deixando-a chocada e triste, até encontrar um novo melhor amigo, Guido, o italiano.
O enredo tem poucas falhas e o livro pouquíssimos erros de edição, que o fizeram perder uns pontinhos. Mas nada demais. Tudo que foi positivo nem fez cócegas no que foi negativo. Praticamente anulou. O livro é super indicado. A protagonista vive reviravoltas, é boicotada, batalha pelo que quer, conhece pessoas chatas e outras maravilhosas. Não percam a chance de conhecer as trapalhadas e confissões de Laura Lucy.
PS: Sempre imaginei Baruk como Noam Jenkins, o detetive Jerry Barber, de Rookie Blue. Ele é todo charmoso. *-*
622193e0395c4b4c47178f67c93fcf5d
PS2: Quem comentar na resenha estará concorrendo a um marcador autografado do livro e outros marcadores sortidos, além de livretos. Não percam a chance!
DSC_1812[1]
Atualização: Quem levou o marcador autografado foi Luciana Mara e Bruna M. Silva. Parabéns.

PS3: Esse livro faz parte do Desafio Literário de Férias.
desafio de ferias
Beijos e uma ótima terça!

Comente com o Facebook: