Despertada

Generic Image

Mais um livro da série House of Night que se vai. Esse é o oitavo de, sei lá, parece que são 12 ou 10 no total – outras resenhas da série podem ser conferidas aqui. Não é uma série mega maravilhosa, mas tem seus pontos altos. Em contrapartida, os pontos baixos são bem presentes também. Assim como a grande maioria dos leitores, eu tenho uma relação de amor e ódio com a obra de P.C. e Kristin Cast. É inevitável. Desde o quinto livro, Kalona e Neferet estão tocando o terror e isso já ficou chato. Poxa vida, ninguém além da “horda de nerds”, como diria Aphrodite, vê que Neferet é uma vaca do mal? Não me conformo com isso. Como até o alto conselho dos vampiros se deixou levar pela atuação dissimulada dela? Minha vontade é de entrar no livro e passar uma espada no pescoço dela e depois queimar o corpo para não ter problemas – momento raiva total off.

Em Despertada a história não andou muito, ficamos meio estagnados nessa coisa de Trevas. Duas coisas mudaram, Neferet está ficando mais forte e totalmente cheia de Trevas e a outra coisa não posso contar para não estragar a surpresa de quem não leu, apesar de eu imaginar que isso fosse acontecer. Cheia de mistérios. Zoey é Zoey, o mundo pode estar ruindo, mas ela nunca deixará de ser uma periguete, agora que ela e Stark avançaram as bases, então, ninguém segura. Como uma Grande Sacerdotisa de Nyx, ela devia ter atitudes mais maduras, sei lá. Mas no fim, ela é só uma adolescente, cheia de hormônios e de poder. Ela até que se sai bem se ponderarmos tudo.

Deusa, ele era gostoso de um jeito muito Super Homem/Clark Kent. Alto, moreno, de olhos azuis e musculoso. […] Não importa o quanto eu amava Stark, Erik era realmente muito gostoso e um ator muito bom.  Página 236 – Zoey periguetando, como sempre.

Aphrodite apareceu tão pouco, que foi triste. Mas sempre que apareceu deixou sua marca registrada. Adoro! As gêmeas praticamente estiveram inexistentes, Damien também, Stevie Rae foi quem ganhou maior visibilidade com todo o seu drama amoroso. Neferet e as Trevas, Kalona e sua luta para se livrar da Tsi Sgili foram bem constantes no livro e todo esse mal gerou duas mortes, que me deixaram horrorizada e p. da vida com as autoras. Daqui a pouco não vão restar personagens para o último livro, ok, estou exagerando, até porque nesse livro tem um tal de morre e desmorre que a gente nunca sabe quem vai voltar. Falando nisso, um ex-morto deu as caras no fim deste livro. Quero só ver o que vai dar.

As escolhas dos novatos comandados por Stevie Rae e Zoey tiveram consequências, geraram uma divisão, mas acho que isso vai ser bom até certo ponto. Com Neferet cada vez mais poderosa e unida com as Trevas só posso imaginar que o caldo vai esquentar e queimar muitos dos novatos que se opuserem às suas atitudes. Desejo muito que no último livro – porque acredito que só lá vamos poder nos livrar dela - ela tenha uma morte lenta e dolorosa, que seja muito punida por suas maldades. Zoey Passarinha vai ter que ser forte e segurar seu periguetismo para lidar com tudo que está por vir.

Uma coisa que me chamou a atenção durante a leitura de Despertada foi o quanto ela não rendia. Mesmo os outros livros não sendo espetaculares, pelo menos a leitura fluía, era rápida. Nesse, a trama estava tão enrolada e sem gracinha que me fez demorar mais que o previsto para terminar. Só para vocês terem uma noção, este livro teve 46 abandonos no Skoob e o próximo da série, Destinada, já teve dez. Acho que o pessoal cansou da chatice de Zoey e da maldade de Neferet não ter fim.

AWAKENED-cover-house-of-night-series-16527201-1059-1600 Capa original.

Ah, duas curiosidades: no início do livro a série Glee é citada e Jack até canta/ouve uma música cantada na TV por Rachel e Kurt. Já Kramisha cita a série de livros Sookie Stackhouse, de Charlaine Harris, e fala de Bill e Eric.

Bom, como sou daquelas que não gosta de deixar nada sem terminar, vou continuar a leitura da série. Mas já não espero muito e nem estou doida para ler o livro 9. E vocês, continuam a leitura da série ou já largaram?

Beijos e uma ótima terça-feira.

Comente com o Facebook: