Sempre coadjuvante?

Olá, pessoal. Hoje o espaço sobre cinema no blog será diferente. Ainda tenho muitos filmes na lista para comentar, mas decidi mudar um pouco. Até para a ideia não se perder no limbo. Vocês já perceberam que eu guardo muito a fisionomia de atores, né? Nossa, eu fico martelando até descobrir de onde eu conheço aquele ator/atriz quando o vejo. Se a memória não ajuda eu corro para o Oráculo – leia-se Google – e descubro ou então fico doida! Sou dessas. Enfim, assistindo mais uma vez o filme Vestida para Casar – que eu ainda não comentei por aqui – vi mais um rosto que é bastante recorrente em produções tanto de cinema quanto de TV, Judy Greer.

18888390.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-20080110_050308 Como Casey, em Vestida para Casar

Acho curioso o fato de ela fazer tantos filmes e séries e nunca ter feito uma protagonista. Judy sempre interpreta a melhor amiga da protagonista ou a rival, a irmã – não tenho certeza se já a vi nesse papel. O que eu quero dizer é que ela é ótima atriz e acho que merecia uma protagonista só para ela. Também não sei o motivo de ela nunca ter feito, pode ser que não queira, né?

Em De repente 30, ela fez Lucy Wyman, a amiga do mal de Jenna, interpretada por Jennifer Garner. Lembram?30_2 Judy também esteve em Do que as mulheres gostam, como Erin, e O casamento dos meus sonhos, estrelado por Jennifer Lopez e Matthew McConaughey, como Penny. Também esteve em Adaptação, que eu não me lembro de já ter ouvido falar, e em Amaldiçoados, esse eu até tenho em casa, eu acho. Em A Vila, deu vida a Kitty Walker; em Tudo acontece em Elizabethtown, foi Heather Baylor; em Tudo pela Fama fez uma personagem com um nome bem estranho: Accordo.

penny Como Penny. (perdoem a imagem ruim)18877669.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-20070907_075729Como Heather. 

E não para por aí. No filme O amor acontece, Judy fez Marty; em Marmaduke viveu Debbie Winslow; já em Amor & Outras Drogas interpretou Cindy. No filme Os Descendentes  ela fez o papel de Julie Speer e no ano que vem será a professora Rita Desjardin no remake de Carrie.

judy-greer-dog Em Marmaduke.2011_the_descendants_022Como Julie Speer, em Os Descendentes. 

Isso foram só os filmes, mas Judy também faz muitas séries. Ela até foi uma das protagonistas de uma, só que a produção não vingou e foi cancelada. Até era legalzinha, Mad Love. Como vocês podem imaginar, o currículo da moça em séries é extenso. Alguns papéis são mais recorrentes e muitos são só participações.

Entre as produções em que ela ficou mais tempo estão Two and a Half Men (como a ex do personagem de Ashton Kutcher), Archer, Californication, Uma família da Pesada (voz de Hope, dançarina grávida e outros, são dez anos!), It's Always Sunny in Philadelphia, Glenn Martin DDS e Arrested Development.  E nas pequenas aparições estão na lista Royal Pains, Dan Vs., How I Met Your Mother, The Big Bang Theory, Modern Family, WordGirl, House, E.R., entre outras.

Curiosidades

  • Seu nome verdadeiro é Judith Laura Evans;
  • É filha de um engenheiro mecânico e de uma administradora de hospital;
  • Treinou por quase dez anos balé clássico russo e depois mudou seu interesse para atuação;
  • Teve uma variedade de empregos estranhos durante a faculdade, foi até atendente de telemarketing;
  • Conseguiu seu primeiro papel nas telas apenas três dias após a formatura, foi uma pequena participação em uma comédia, em 1998;

  • Sua marca registrada – como já apontei – é interpretar melhores amigas.

Trailers

 

 

Fico empatada nesses dois filmes dos trailers como meus preferidos com Judy. E vocês? Já tinham notado essa carreira de “melhor amiga” assim como eu?

Espero que gostem do post. Beijos e boa quarta-feira.

Comente com o Facebook: