Quem sabe um dia

WP_20150114_002

Franny Banks sabe que é talentosa e decidiu seguir seu sonho de ser uma atriz. Para isso, ela definiu o tempo de três anos, morando em Nova York, frequentando aulas de atuação e correndo atrás de um agente que a levasse aos melhores trabalhos. Ela sabe que tem talento, mas ao mesmo tempo não é completamente segura de si. Agora, após pequenos e insignificantes trabalhos, faltam seis meses para o prazo de Franny acabar e ela não é dessas pessoas que ficam prolongando prazos. É agora ou nunca. Se não der certo ela vai acabar se tornando uma professora como seu pai - não que ela não ache a profissão digna, apenas não é o que quer fazer – e casando com seu namorado da faculdade. Eles estão em espera por esse tempo.

Como a maioria das pessoas que perseguem esse sonho, Franny é garçonete, já que seus poucos trabalhos não lhe pagam o suficiente. Ela mora no Brooklyn com Jane, sua grande amiga, e um novo companheiro de casa, Dan, que também largou o que sua família queria que fizesse para perseguir o sonho de ser roteirista.

Franny não está nem perto de onde queria estar nesse momento, mas, após a Apresentação da aula de Stavros, ela conseguiu que dois agentes se interessassem por ela, o que é muito mais que muitos dos seus colegas conseguiram. Parece que a sorte está prestes a mudar. Tudo se trata de escolhas certas. Outro motivo para comemorar é que James, um dos caras mais bem sucedidos de sua turma – e um gato -, começou a flertar com ela. É, parece que tudo está se encaminhando mesmo...

quem sabr2

Lauren Graham é sinônimo de amor pra mim. Como Lorelai Gilmore, ela garantiu um lugar eterno no meu coração e tudo o que ela faz eu confiro. Quando descobri sobre o lançamento de seu livro fiquei super animada, mais ainda quando o ganhei de aniversário esse ano. Apesar de amá-la como atriz, sempre ficamos com aquela pulga atrás da orelha sobre como seria a narrativa dela. Será que seria tão boa quanto suas atuações? Sim!

Eu simplesmente amei a forma como Lauren contou a história de Franny, que deve ter muito a ver com seu passado, buscando a realização profissional. O livro se passa na década de 90, então temos pagers, telefones públicos, nada de celulares e coisas modernosas de hoje. Parecia que eu realmente estava no passado, fui transportada pela narrativa. Ri muito com o pai de Franny reclamando da secretária eletrônica – um avanço tecnológico – e de todo o sarcasmo presente nele. Definitivamente, adorei a forma como ela escreve, lembrando um pouco minha amada Lorelai com tantas referências e tiradas sarcásticas.

Foi interessante acompanhar a batalha de Franny para alcançar aquilo que queria: ser uma atriz e viver disso. Acompanhar seus erros e seu amadurecimento. Foi muito legal. Também achei muito interessante que, apesar do que acontecia a sua volta, dos envolvimentos amorosos, o foco principal do livro foi essa batalha da protagonista, sua carreira. Como Franny é uma personagem divertida, acompanhar essa parte de sua vida através do livro também foi.

detalhes

Mas... Sempre tem um mas. Não gostei muito de como o livro terminou, em aberto. Ok, entendo que aquilo não foi o fim da história de Franny, que ela teria muito mais experiências, mas poxa, queria mais, queria um final redondinho, alguma indicação concreta de que ela tenha alcançado seu final feliz, apesar de sabermos que na vida é meio difícil alcançá-lo. O final foi realista, eu sei, no entanto, tenho o direito de desejar mais “fantasia” pra trama. Não tenho?

quem sabe

A diagramação está maravilhosa. Cheia de ilustrações da agenda de Franny. Achei alguns erros de digitação/edição, mas foram poucos. O livro mereceu três estrelas e meia. Ah, em 2013 foi anunciado que o livro ganharia adaptação para a TV. A produção do projeto era da Warner Brothers TV em parceria com a A Very Good Production, empresa de Ellen DeGeneres e Jeff Kleeman. O roteiro seria escrito por Lauren, não tinha encontrado nada sobre, até o TV Line publicar hoje que a CW recebeu o roteiro do piloto e que acharam excelente. Também confirmaram que estão considerando fazê-lo. Agora é esperar para ver.

Comente com o Facebook: