Li: Convergente

 

117632044_1GG

Acabou. Minha história com Tris, Quatro, Peter, Caleb e companhia chegou ao fim e demorei bem mais do que esperava para ler a última frase da trilogia escrita por Veronica Roth. Foram altos e baixos vividos com os livros, adorei o primeiro, achei o segundo bem mais ou menos e o terceiro foi razoável. Até foi um fim bom, tiveram respostas, ação, reação, paixão, baixas…

A resposta escolhida para explicar o motivo de tudo foi “é…, aceito”, nada de “uau, que mente brilhante, maravilhosa”. Foi tudo bem interessante. Descobrir a motivação, o que se passou antes de Tris sequer pensar em passar pela Cerimônia da Escolha, etc. Mas nossa, que vida sem sossego essa menina tem. Mal escapa de uma confusão, entra em outra, outra, outra. Todo mundo que chega perto dela parece que passa a querer de rebelar. A coitada nem teve tempo pra dar uns amassos com o namorado tudibom dela. Tenho dó.

tumblr_n48n7oyGFg1tx9lwgo1_1280

Diante do novo ambiente e das descobertas do pessoal, fiquei bem descontente com algumas coisas e achei outras falhas. Como leitora procuro livros com ideias originais, com autores corajosos que fazem o inimaginável com seus personagens e que entreguem uma viagem literária completamente nova. Emoções diferentes, empatia com o vilão, porre da mocinha, curiosidade pelas ações de tal personagem, tudo isso move a vida de um leitor. Tá, eu quero tudo isso, mas também quero finais felizes.

No fundo, às vezes sentimos um prazerzinho (o tal do guilty pleasure) em reclamar que “foi tudo igual e os mocinhos viveram felizes para sempre”, apesar de querer elogiar que “ok, bastante coragem em fazer isso com os protagonistas”. Talvez o final feliz esteja intrínseco em nossas mentes, queremos que tudo acabe redondinho e igual, mesmo desejando novos meios de terminar com as aventuras que lemos. Vai saber…

Com todo o alarde feito na época que o livro saiu, estava com muito medo de ler. Tanto que adiei bastante a leitura e até achei bem ok. Não fiquei com raiva, simplesmente achei que podia ter sido diferente. Mereceu 3,5 estrelas. O primeiro livro ainda é meu favorito.

Video_1377468811.wmv_00004839911

Comente com o Facebook: