Os Visitantes vêm aí...

Apesar de não apreciar muito as produções que envolvem invasão alienígena, resolvi assistir a nova série que estreou nos Estados Unidos nesta semana, V – The Visitors. Um dos motivos para assistir foram os elogios à obra e outro foi a presença de Elizabeth Mitchell no elenco, a Juliet de Lost. Gostei do que vi e vou acompanhar os próximos episódios.

Após alguns tremores a população fica assustada, mães preocupadas com seus filhos, casais se preocupam com os companheiros e no meio de tanta agitação naves gigantescas aparecem nos céus de 29 cidades em todo o mundo, denominadas cidades anfitriãs. Entre elas aparece o Rio de Janeiro.


Para tranqüilizar o povo, as naves passam uma mensagem de que vieram em paz e que pensavam ser as únicas vidas inteligentes no universo. O contato com os humanos ainda esclarece que os visitantes querem compartilhar sua tecnologia e milagres médicos os habitantes da Terra. A porta-voz de tal mensagem é Anna, a líder dos V, como são chamados, uma mulher envolvente e de boa aparência.

Como sempre, as opiniões são divididas, alguns confiam e quase veneram os V, outros, porém, estão bem desconfiados com estas visitantes. Os tripulantes das naves têm a aparência idêntica a dos humanos, talvez por isso ganhem a simpatia de alguns. Inclusive um repórter, que faz uma aliança com Anna e vê nela uma oportunidade para alavancar sua carreira. Uma das pessoas que não acreditam nessa mensagem bondosa é a agente de segurança Erica Evans (Elizabeth Mitchell) que de tanto investigar, descobre um plano bastante sinistro. Os alienígenas são, na verdade, reptilianos que se escondem atrás da carcaça de aparência humana e que possuem planos para dominar a terra de forma nada agradável. Então um pequeno grupo de resistência começa a se reunir.


Os planos dos V para dominar a terra incluem infiltração nos governos, seduzir admiradores e também recrutar jovens humanos para embaixadores da paz. Um deles será, claro, o filho adolescente de Erica Evans, Tyler, que resolve entrar para o grupo porque se apaixona pela alienígena Lisa. Os recrutas, no entanto, não passam de pequenos espiões.

V é um remake da famosa série homônima da década de 80, considerada por muitos a precursora das séries de ficção científica. A produção original foi cancelada na primeira temporada. A nós, resta esperar pelos próximos episódios e pela audiência, especula-se que este V tenha quatro temporadas.

 
 

Comente com o Facebook: