Tentada – PC e Kristin Cast

tentada
Com lágrimas nos olhos e um sentimento de “Como assim?” terminei a leitura de Tentada, o sexto livro da série House of Night, escrito por PC e Kristin Cast. Devo confessar que esse não foi o meu livro favorito da série e foi o que mais demorei para terminar, mas ele está longe de ser ruim.
Tentada começa exatamente onde Caçada terminou, após a cansativa batalha para expulsar Kalona, seus filhos e Neferet da Morada da Noite e da cidade. E quando se pensou que haveria um pouco de paz na vida de Zoey, que coitada, depois que foi marcada só teve pepinos gigantes para resolver, aparecem novos problemas.
Spoiler!
Zoey descobre que possui a alma de Ay-a, aquela que aprisionou Kalona embaixo da terra, e inevitavelmente sente atração pelo anjo caído. Um belo problema para a sacerdotisa, que já possui três namorados para dar conta. Erik é um chatonildo que de tanto encher o saco, leva um pé na bunda; Heath é Heath, o namorado humano, consorte da sacerdotisa e um personagem que cresceu muito neste livro, o cara amadureceu para caramba, vocês não acharam? E, claro, tem também Stark, o guerreiro apaixonado e dedicado de Zoey. Para quem tem tantos caras, é difícil imaginar que ao cair no sono ainda tenha que lidar com o tal Kalona, atormentando e tentando a pobre com suas histórias e declarações.
E é contra isso que Zoey precisa lutar. Aphrodite alerta a amiga para ficar longe de Kalona, em sua nova visão ela percebe que Zoey é a única com poder para acabar com o mal planejado por Kalona e Neferet, no entanto, o imã que liga o imortal à Zoey fará com que ela cometa algumas burradas, como sempre. E, no caminho da amiga, Stevie Rae faz suas próprias asneiras. Quero saber o que isso vai acarretar daqui para frente.
O final foi totalmente inesperado para mim e não quero pensar em como vai ser sem o personagem que muito provavelmente não voltará, gostava muito dele. Mas foi muito bom ver Kalona ser, podemos dizer, esculachado por Neferet, quando ele achava que era o tal, todo-poderoso, ela dá uma rasteira nele e mostra que é muito mais poderosa e má do que se podia imaginar.
Estou ansiosa por Queimada, que deve ser lançado ainda este mês.

Comente com o Facebook: