Cuide do que não é seu!

Não é novidade que amo ler, mas vou contar para vocês outra coisa que gosto muito de fazer: despertar o gosto pela leitura nos outros. Adoro emprestar alguns de meus livros e ouvir os comentários da pessoa para quem os emprestei, fico mais feliz ainda quando não para em uma única obra.

Agora o que eu simplesmente não suporto é o descaso com a propriedade alheia. Poxa, a pessoa te emprestou algo dela, algo que ela gosta, que tem cuidado e você acaba com a propriedade dela? Não, absolutamente não aceito isso. Fico indignada. Sempre que pego um livro emprestado o trato da melhor maneira possível, cuido muito e acho que todos que gostam de livros fazem o mesmo.

O que inspirou meu post de hoje foi um livro da minha irmã, um dos primeiros que ela comprou para si, porque sempre pegava os meus emprestados. Bem, o fato é que ela emprestou O Beijo das Sombras, de Richelle Mead, para uma amiga da escola, até aí tudo bem, concordo que ela também propague o gosto pela leitura. Como vocês sabem, se não sabem conto agora, há tempos quero ler o primeiro livro da série Academia de Vampiros e ela o trouxe para minha casa há alguns dias, para que eu colocasse na minha pilha. Fiquei estarrecida, chocada, e quais outras palavras possam servir, com o estado do pobre livro. Parece lixo.

DSC04625DSC04622

  E está aí uma das razões porque as pessoas não gostam de emprestar seus livros. Simples descaso com o que é do outro. Cuide do que é seu, mas cuide mais ainda do que não é. Um livro devolvido no mesmo estado em que foi emprestado é garantia de novos empréstimos, concordam?

Em tempo, vi no post de ontem do blog Menina da Bahia um quiz para descobrir Que tipo de leitor você é?, posto no ar pelo site O Livreiro. Fiquei curiosa para saber o meu resultado e fiz, olha aí o que deu:

leitor Adorei! Quer fazer também? É só clicar aqui.

Beijos

Comente com o Facebook: