Guardians

capa oficial

Apenas uma frágil barreira dimensional separa o nosso mundo de um mundo habitado pelas mais perversas criaturas, os youkais. Qualquer pequena fenda nessa barreira permite que os monstros a ultrapassem e espalhem o terror. Para resguardar e lacrar a barreira, além de impedir as maldades dos seres maléficos, existem os Guardiões, doze guerreiros que representam os signos do zodíaco e que receberam essa difícil missão de seu pai ou sua mãe, assim como aconteceu com eles antes durante gerações.

O trabalho dos Guardiões não é fácil, muito menos sem perigo. Na última vez em que lacraram a barreira vidas foram perdidas e o buraco, que demoraria décadas para abrir novamente, passados cerca de 20 anos já está dando problemas mais uma vez. A nova geração de Guardiões, que vem de diferentes lugares do mundo – três são brasileiros - ainda não está completamente pronta, mas precisa correr contra o tempo para salvar o mundo de algo muito ruim.

divulgacao007-2010 cópia

O primeiro livro da série Guardians, escrito pela queridíssima Luciane Rangel, é muito, muito bom. Estava ansiosa para lê-lo e com uma boa expectativa, que foi superada. O livro tem 359 páginas que praticamente voam em frente aos seus olhos. A leitura flui numa velocidade incrível e de forma muito gostosa. É uma obra que possui aventura, suspense, mistério, romance, drama, além de muita comédia. Aposto que você vai rir com Mau e Mic, hilários.

A trama lembra bastante os mangás e se passa, em sua maioria, no Japão. As ilustrações da Ana Claudia Coelho também são nota 10, gostei muito de vê-las na capa e durante a leitura, auxiliando na imaginação de determinadas cenas. Dos Guardiões meus preferidos são o Mau e Shermmie, que eu sempre lia Shermmine por culpa do Mau. Mic, Hikari e Sniper também me ganharam, a única com quem não fui muito com a cara foi Sofie. Ai, quero contar tudo que gostei para vocês, mas ficaria escrevendo até vocês cansarem de ler, então o que posso fazer é super indicar para que leiam o livro. Não percam a oportunidade de conhecer esse universo que a Lucy criou.

guardiaes

Não posso esquecer de contar. Em certo momento no livro, Anne uma das Guardiãs (ou não) começa a cantar com outro Guardião e pum, a música ficou na minha cabeça daquele momento em diante. Pelo menos a música é boa, né? Here Without You, do Three Doors Down.

Aliás, esse livro de estreia da série Guardians, lida bastante com o mistério que envolve Anne, a brasileira filha de um rico empresário que pouco sabe sobre seu passado e desconhece a existeência dos Guardiões até ser atacada por um youkai. Lucy, que final foi esse? Quero logo a continuação! Falando nisso, o segundo livro de Guardians, Makenai está em fase de produção e espero poder ler o quanto antes.

CrispromoE atenção! Todos os seguidores que comentarem nesta resenha concorrem a um kit com quatro marcadores do livro como os abaixo:

DSC04709 Beijos e uma ótima terça!!

Comente com o Facebook: