RED

red_filme_thumb

Vi o trailer no cinema e no mesmo instante fiquei com muita vontade de conferir o filme que prometia ação e comédia, acompanhado de um elenco de peso. Em RED, o velho e bom Bruce Willis interpreta um agente espião da CIA aposentado, aliás, O agente da CIA. Frank Moses é um mito no local. Em uma noite aparentemente normal, Frank tem sua casa invadida e alvejada por jovens agentes da CIA, mas como fodão que é acaba com todos e deixa a casa caindo aos pedaços atrás de si.

Nesta vida de aposentado, Frank tem um relacionamento constante com Sarah, que cuida dos cheques de sua aposentadoria. Ele se apaixona por sua voz, rasga os cheques para ter um motivo a mais para ligar para ela e esse tipo de coisas. Supondo que seu telefone estava grampeado – e ele estava certo –, ele parte em busca de Sarah para salvá-la dos inimigos.

RED_foto

Depois que a tira do seu próprio apartamento e a leva amordaçada no carro, Frank e Sarah passam por aventuras jamais pensadas, por ela claro, uma vez que ele já sabia o que ia enfrentar. O que Frank não sabia era o motivo do ataque, então sai em busca de uma resposta, no caminho encontra nada mais nada menos que Morgan Freeman, John Malkovich – que está hilário – e Helen Mirren, que dão vida aos seus antigos companheiros também aposentados.

Red_Movie_Image _Bruce_Willis_Morgan_Freeman

Mas, atenção, se você for muito crítico e detalhista, talvez não goste de RED, que é repleto daquelas cenas impossíveis, dignas de Duro de Matar, Missão Impossível e por aí vai, mas que dão toda uma pitada de comédia ao filme. Afinal, quem não ri ao assistir esse tipo de cenas? Eu dou risadas, sim. John Malkovich na pele de Marvin está brilhante, seu personagem é neurótico, acha que todos querem matá-lo e por uma parte do filme anda abraçado a um porquinho de pelúcia rosa, engraçadíssimo!!

Red_11

Enfim, o filme cumpre muito bem com seu papel de entreter o espectador. Eu e o marido aprovamos!

Beijos e ótima quarta!

Comente com o Facebook: