Projeto Farofando 2016



Inspirada na frase que creditam ao Dalai Lama, iniciei um projeto para esse 2016. Ano novo, promessas novas – outras nem tanto -, novas expectativas, novo! O Projeto Farofando 2016 tem como meta conhecer novas praias de Santa Catarina. Porque, vamos combinar, esse estado é mega privilegiado nesse quesito – e nas pessoas que moram por aqui também. Minha cidade é bem localizada, se eu quiser, em 30 minutou ou menos, estou na praia. Portanto, acabo visitando mais essas das redondezas mesmo, a ideia aqui é ir um pouco mais longe e encantar meus olhos (do maridão e de um casal de amigos) com as paisagens mais encantadoras dessas terras.


A primeira parada foi Garopaba, que praia!! Até agora não acredito que eu não conhecia o lugar. É divino!! Pegamos cerca de uma hora de estrada e chegamos na praia que se tornou uma das minhas favoritas – pode até rolar um top favoritas por aqui no fim do verão. Garopaba, te quero sempre perto de mim!
Para começar, o mar é calminho. Poucas ondas e basta entrar um pouco mais nele para ficar só aproveitando a calmaria, olhando os barcos, sorrindo com as pessoas nos Stand Up Paddles, pedalinhos, etc. Ai que delícia!




Depois tem os frequentadores. Fiquei anos, anos mesmo, sem colocar o pé na praia com vergonha do meu corpo, aí dei uma emagrecidinha – bem inha mesmo, graças às festas de fim de ano -, liguei o foda-se (valeu, gêmeas, pelo ensinamento) e parei com essa besteira. Óbvio que não vou de fio dental, mas muita gente por lá vai. Foi o maior lugar com fio dental por metro quadrado que já vi. E não eram corpos sarados, daqueles que dá vontade de enfiar a cara na terra. Eram corpos normais e uns até que ligaram o foda-se num nível alto demais (miga, sua louca, coloca um maiô). Enfim, o melhor de tudo era que ninguém ficava reparando e eu me senti super bem em tirar meu shorts e entrar no mar de maiô. E olha que o lugar estava lotado de gente.




Para onde eu olhava, ficava encantada (menos quando olhava para certos fios dentais). A paisagem é linda, linda, linda. Para completar, meu faixa São Pedrinho, nos presenteou com o dia mais lindo que se viu. Perfeito demais. Tanto que até torramos e estamos descascando – dizem as más línguas que faz parte da vida das cobrinhas, troca de pele.
Almoçamos num restaurante pertinho do mar, mas se quiséssemos, podíamos ter nos alimentado com os carrinhos que passavam em nossa frente. Tinha milho verde, assados, churrasquinho, caipirinha, sacolé, churros, e coisa pra mais de metro. Dei uma de gastadeira e comprei um chapéu e uma canga – com preços melhores do que em minha cidade.

Quero voltar já!!! E em breve voltarei, mas a prioridade é dar continuidade ao projeto e conhecer praias em que nunca estive antes. O mês de fevereiro promete muitas boas experiências (com filtro solar 60), comilanças (faz parte de toda boa aventura) e muito banho de mar! 

Está iniciado o Projeto Farofando 2016!!!

Comente com o Facebook: