Personagem da Vez #6

Walter Bishop

dr-walter-bishop

Toda série tem um personagem que cativa logo de cara, que conquista o espectador. Em Fringe, meu queridinho é sem dúvidas o cientista Walter Bishop e é por isso que hoje ele aparece por aqui, no Personagem da Semana.

Walter é um gênio, com um QI de 196, que mais parece uma criança indefesa, dá vontade de apertar e levar para casa. Um fofo. Claro que isso não é normal na idade dele e com tamanha genialidade. Ele ficou um pouco ‘lelé’ depois de passar 17 anos em um hospital psiquiátrico. Durante o tempo que passou no Saint Claire Walter perdeu parte da memória e até um pouco da sua lucidez, mas sua inteligência continua e com o estímulo certo ele pode desvendar os mais incríveis mistérios. Essa inteligência e a capacidade de percepção, além de outras inúmeras qualidades, o qualificam para ser um dos ajudantes da agente do FBI, Olívia Dunham, na solução de casos da divisão Fringe. Seu filho, Peter, também faz parte da equipe e é quem traduz os pensamentos desconexos do nosso gênio.

O personagem é simplesmente hilário. Fala o que pensa, mesmo na hora errada; adora música no ambiente de trabalho (nas situações mais estranhas) e, o mais incrível, cisma em comer e beber enquanto examina corpos, esse é seu passatempo favorito e une suas duas atividades favoritas: examinar corpos e comer guloseimas. Ah, ele também cria uma vaca em seu laboratório, a quem trata muito bem e que já virou um mascote. Walter também é constantemente mimado pela agente Astrid Fansworth.

60054_1221056561572_400_300

normal_2x01_012 

As cenas mais hilárias da série têm Walter nelas. Por exemplo, no meio de um caso super bizarro, enquanto colhem pistas, Walter parece ter uma ideia e solta: adoro tal comida, faz tempo que não saboreio. O jornal americano Chicago Tribune apontou que Walter é uma razão enorme para ver a série. E aí, ficou curioso?

Espere até ler “As 10 melhores frases de Walter Bishop”, post criado pelo site SérieManíacos:

10. “The only thing better than a cow is a human. Unless you need milk… then you really need a cow” –1×01

(A única coisa melhor do que uma vaca é um humano. A não ser que você precise de leite… então você realmente precisa de uma vaca.)

09. “And this is a show for children? Suprisingly profound for a narrative about a sponge!” – 1×01

(E isso é um programa para crianças? Surpreendente profundo para uma narrativa sobre uma esponja!)

08. “They hoped to broadcast the flashing lights during commercials so that the viewers would have no choice but to buy their products. Unfortunately, it merely caused nausea which was unfortunate because apparently, people don’t like to shop when they feel like they’re going to throw up.” – 1×08

(Eles esperavam transmitir as luzes piscantes durante os comerciais para que os telespectadores não tivessem escolha a não ser comprar seus produtos. Infelizmente, isso somente causou náusea, o que foi ruim porque, aparentemente, pessoas não gostam de fazer compras quando estão com vontade de vomitar.)

07. “It always comes back to the duck.” – 1×03

(Sempre volta para o pato.)

06.  “Open your mind son, or someone may open it for you” – 1×04

(Abra sua mente filho, ou alguém poderá abri-la para você)

05. “No, Peter’s right. Your pupils are dilated. It’s a symptom of high stress. Unless you’re using hallucinogens. Are you tripping, Agent Dunham?” – 1×10

(Não, Peter tem razão. Suas pupilas estão dilatadas. Isso é um sintoma de grande stress. A não ser que você esteja usando alucinógenos. Você está viajando, Agente Dunham?)

04. “Miss Dunham, what we’re doing, what you have asked me to do, is pushing the boundaries of all that is real and possible. We’re not roasting a turkey.” – 1×09

(Senhorita Dunham, o que estamos fazendo, o que você me pediu para fazer, é romper os limites de tudo o que é real e possível. Nós não estamos assando um peru.)

03. “Am I required to keep him alive?” – 1×03

(Sou obrigado a mantê-lo vivo?)

02. “I was prone to hide things because I was afraid that someone would unlock all my secrets. I didn’t realize the someone would be me” – 1×19

(Eu estava propenso a esconder coisas porque eu tinha medo que alguém iria desvendar todos os meus segredos. Eu não percebi que esse alguém seria eu.)

01. “There are two things that occur to me” / “Two thoughts to come to mind” – Várias vezes (a segunda sempre é comida)

(Há duas coisas que me ocorrem. / Duas coisas me vêm à cabeça.)

Comente com o Facebook: