Novidades Literárias

Oi, pessoal. Como havia comentado na última terça-feira, as novidades estão pipocando a rede e hoje compartilho com vocês mais algumas delas. Prontos?

  • Clube do Novos Autores

O Clube dos Novos Autores homenageia os blogueiros com uma promoção somente para os blogs literários. Esta promoção abrange sete kits contendo em cada um: livro, camiseta com a capa do livro, agenda personalizada e marcadores.

Para participar basta seguir as regrinhas abaixo:

Para conhecer as obras sorteadas e acessar informações, clique aqui.

  • Livro Guardians na 10ª Bienal da Bahia

A autora doLuciane Rangel estará na 10ª Bienal da Bahia. No evento, a criadora dos livros Guardians estará autografando e conversando com os leitores, junto a outros autores do Selo Brasileiro. Compareça nos dias 28, 29 e 30 de outubro (sexta, sábado e domingo) no estande da Editora Todas as Falas, localizado dentro do estande da Secretaria de Cultura da Bahia. Todos os três volumes de Guardians estarão à venda durante todos os dias de evento.

Site oficial do evento: http://www.bienaldolivrodabahia.com.br/

Sparks aprovada quarta capa:Layout 1

FICHA TÉCNICA

Autor: Nicholas Sparks
Título: Um homem de sorte
ISBN: 9788563219138
Selo: NOVO CONCEITO
Ano: 2011
Edição: 1
Preço Sugerido: R$ 29.90
Assuntos: FICÇÃO

Sinopse: “Mas não estava em outra época e lugar, e nada daquilo era normal. Trazia a fotografia dela consigo há mais de cinco anos. Atravessou o país por ela.”

Era estranho pensar nas reviravoltas que a vida de um homem pode dar. Até um ano atrás, Thibault teria pulado de alegria diante da oportunidade de passar um fim de semana ao lado de Amy e suas amigas. Provavelmente, era exatamente isso de que precisava, mas quando elas o deixaram na entrada da cidade de Hampton, com o calor da tarde de agosto em seu ápice, ele acenou para elas, sentindo-se estranhamente aliviado. Colocar uma carapuça de normalidade havia-o deixado exausto. Depois de sair do Colorado, há cinco meses, ele não havia passado mais do que algumas horas sozinho com alguém por livre e espontânea vontade. (...) Imaginava ter caminhado mais de 30 quilômetros por dia, embora não tivesse feito um registro formal do tempo e das distâncias percorridas. Esse não era o objetivo da viagem. Imaginava que algumas pessoas acreditavam que ele viajava para esquecer as lembranças do mundo que havia deixado para trás, o que dava à viagem uma conotação poética. Outros pensavam que ele caminhava simplesmente pelo prazer de caminhar. Estavam todos errados. Ele gostava de caminhar e tinha um destino para chegar. Simples assim. Gostava de partir quando sentia vontade, no seu próprio ritmo, para o lugar que quisesse. Depois de passar anos cumprindo ordens no Corpo de Fuzileiros Navais, a liberdade o atraía. (...) Até ter encontrado a fotografia, a vida de Thibault seguia como há muito havia planejado. Ele sempre tinha um plano.”

Página no Skoob.

Beijos!

Comente com o Facebook: